Attack on Titan: O relacionamento de Eren e Historia, explicado

Tatiana de Paula
8 Min Leitura
eren-história-relacionamento

Destaques

  • O retrato inicial de Historia como a “waifu ideal” foi um estratagema, já que ela estava na verdade fingindo para agradar aos outros.
  • Apesar das especulações sobre um romance entre Historia e Eren, o relacionamento deles é mais complicado e se concentra no crescimento e nas escolhas individuais.
  • A gravidez de Historia gerou debate entre os fãs, mas acabou sendo revelado que o pai era “O Fazendeiro”, um homem de seu passado que procurava fazer as pazes. Esta escolha enfatizou a agência da Historia e a importância das suas próprias decisões.

Quando ela foi apresentada pela primeira vez como “Krista Lenz”, Historia foi criada para incorporar o “waifu” ideal; sendo altruísta, grata e até mesmo interrompendo brigas, ela rapidamente conquistou o favor de seus colegas homens, especialmente Reiner.

Venha o fim de Attack on Titan Na segunda temporada, isso se revela um estratagema, pois é revelado que a Historia vinha fingindo para agradar aos outros como observado por Ymir.

Isso também não passou despercebido por Eren, que anteriormente disse a ela para abandonar a atuação e ser ela mesma.

Eventualmente, após a morte de Ymir, Historia viveria para si mesma. Embora muitos fãs especulem sobre um romance florescente entre os dois, o relacionamento deles é muito mais complicado.

Dois lados da mesma moeda

Eren na CavernaNo início, Eren e Historia não tiveram muita interação até que Eren foi sequestrado por Rod Reiss na 3ª temporada. A partir daí, ele descobre que foi seu pai quem matou a família de Historia, e por culpa, pede que ela vá embora.

Até se transformar em um Titã e comê-lo, conforme instruído por seu pai. Lembrando-se de sua promessa a Ymir de viver para si mesma, ela se rebela e decide libertar Eren.

Apesar de seus protestos iniciais, ela o lembra que é sua própria vida que ele dita, e não deveria bancar o “cara legal” por culpa, semelhante ao que ele disse a ela.

Depois disso, Historia assume o trono como Rainha graças ao apoio do Survey Corps e ganha o respeito de seus pares, especialmente Eren.

Dado seu sangue real e a posição de Eren como personagem principal, muitos especularam que ele teria o mesmo relacionamento que Grisha teve com Dina, insinuando que seguiria os passos de seu pai.

A subtrama da gravidez

Historia conversando com ErenNa 4ª temporada, para combater o plano de Zeke para Paradis, Historia concorda em se oferecer como o novo navio do Titã Bestial e comer Zeke.

Embora isso resolvesse a ameaça, envolveria a redução da vida de Historia e a continuação do legado amaldiçoado da família real. Eren, já tendo visto o futuro e buscando evitar novas perdas, se opõe a essa ideia.

Yelena encontra Eren em segredo para informá-lo sobre o ataque planejado de Marely a Paradis e ao papel de Historia. Com o bem-estar de Historia em mente, ele se aproxima dela e conta seu plano para o Rumbling junto com as informações que Yelena lhe forneceu.

Não é novidade que Historia fica perturbada com esse conhecimento, mas sem outra escolha, ela sugere que ela tenha um filho, para impedir o plano inicial de comer Zeke.

Eren se desculpando com Historia

Após essa conversa, tanto no mangá quanto no anime, os telespectadores ficaram se perguntando se Eren era o pai e teorizaram que ele tinha um relacionamento secreto com ela. Isso gerou debate entre as comunidades de fãs sobre a cena.

Alguns chegaram mesmo a analisar um painel de Ataque às castas escolares (uma curta história em quadrinhos que se passa em um universo alternativo) no mesmo volume, para dar a entender que ele esteve diretamente envolvido na gravidez de Historia.

Nesse painel, Eren pede desculpas a Historia por um boato que ela inventou, para que ela não enfrente repercussões por mentir.

Enquanto alguns usuários acreditavam que o gesto de Eren estava relacionado com engravidá-la (protegê-la), outros teorizaram que por causa da mentira de Eren, os personagens de fundo presumiram que ele estava envolvido, semelhante a como o público foi levado a acreditar que Eren era o pai, mas eles “mentiram” para, de maneira semelhante.História se aproximando do fazendeiro-2No entanto, a teoria “Eren é o pai” seria mais tarde desmascarada quando se confirmou que Historia já tinha alguém em mente era um homem que a intimidou na infância (apelidado de “O Fazendeiro”), mas procurou fazer as pazes.

Apesar da revelação, os fãs continuaram a especular que era uma pista falsa, embora outros painéis e séries de eventos indicassem que foi realmente escolha dela abordá-lo.

Depois que o mangá terminou, houve discussões online de que Eren foi propositalmente escolhido para ser um candidato, então a revelação de que ele estava apaixonado por Mikasa foi uma surpresa ainda maior.

Filha e Fazendeira AoT

Outros personagens (incluindo Levi) suspeitaram do momento de sua gravidez, sendo que ela “aconteceu” de “se apaixonar” pouco antes do plano para capturar Zeke ser implementado.

Além disso, para ganhar mais tempo, ela informou a Levi que demoraria meses para chegar. Venha a conclusão de Attack on Titan, o guia oficial confirmou The Farmer como o pai biológico, com a aparência de seu filho sem as características de Eren no anime.

É seguro dizer que, para manter o interesse do público, é justificado ter Eren como uma pista falsa para a gravidez de Historia – mas alguns públicos acharam que era desanimador.

Enquanto uma parte da base de fãs acreditava que o personagem de Historia foi deixado de lado, outros admiraram a simplicidade disso – o pai de seu filho era irrelevante, era sempre sobre ela e suas decisões.

Eles eram ou não eram?

Um rascunho inicial de Isayama mostra Eren salvando Historia no capítulo 4, e entrevistas posteriores com a equipe editorial sugeriram que Historia foi um recurso importante para o desenvolvimento do personagem de Eren.

O conteúdo paralelo parodiava um relacionamento entre os dois, então os fãs interpretaram isso como uma confirmação de que a intenção era que os dois fossem canônicos.

No entanto, os relacionamentos e atrações entre os personagens (como Jean por Annie em Attack on Titan: Escola de ensino fundamental) não são incomuns em material secundário.

Além disso, ao longo da série, o interesse amoroso de Historia e Eren, Mikasa, são amigos íntimos. No episódio 10 da 4ª temporada, a primeira provoca a segunda sobre seus sentimentos por Eren.

Apesar do relacionamento próximo, Eren e Historia de fato se desviaram dos passos de seus pais, fazendo suas próprias escolhas independentes.

No final, Eren alcançou a paz temporária para seus amigos, e Historia foi capaz de ter sua própria família dando à luz o primeiro filho em um mundo livre de Titãs.

Siga-nos no Google News para receber as últimas notícias!

Compartilhe este artigo