God of War  Imagem de recurso de chefes subestimados X

A franquia God of War apresentou algumas lutas contra chefes verdadeiramente memoráveis ​​​​em sua época.

Na verdade, a franquia é provavelmente mais conhecida pelos jogadores por seu combate matador e incríveis lutas contra chefes, embora as iterações recentes também tenham incluído ótimas narrativas para os jogadores se divertirem.

Batalhas épicas contra chefes da série God of War Relacionado God of War As lutas contra chefes mais intensas da franquia God of War é conhecido por suas fantásticas e exageradas batalhas contra chefes, mas esses confrontos titânicos se destacam como os melhores do grupo.

Dito isto, com tantas lutas contra chefes incríveis, é provável que haja algumas brigas incríveis que passam despercebidas, e o mesmo acontece com God of War. A franquia tem uma história rica, com alguns chefes muito mais subestimados do que merecem.

8 – Ícaro

God of War 2

Ícaro Kratos GoW2

God of War 2

  • Plataforma(s) PS2, PS3
  • Lançado 13 de março de 2007
  • Desenvolvedor(es) Estúdio Santa Mônica
  • Gênero(s) Ação

Embora não seja a luta contra chefe mais desafiadora da lista, Ícaro entra na lista ao entregar uma queda cheia de adrenalina. A luta em questão mostra Kratos e Ícaro caindo de uma ponte no abismo abaixo, muito parecido com a briga entre Gandalf e o Balrog em Senhor dos Anéis.

A maior parte da ação consiste em comandos de botões e movimentos do stick analógico, mas é a pura sensação cinematográfica dada à luta.

Lutando para descer, esmurrando antes que Kratos arranque as asas de Ícaro de verdade, deixando o enlouquecido Ícaro mergulhando nas nuvens abaixo enquanto Kratos desliza para a segurança com suas asas recém-adquiridas. Curto e grosso.

7 – Daudi Kaupmadr

God of War (2018)

deus-da-guerra-combate-dinâmico-kratos-filho-troll

God of War (2018)

  • Plataforma(s) PS4, PC
  • Lançado 20 de abril de 2018
  • Desenvolvedor(es) Estúdio Santa Mônica
  • Gênero(s) Ação e aventura

Daudi Kaupmadr é o primeiro chefe que os jogadores enfrentam ao jogar o nórdico reiniciado de 2018 God of War, e embora tenha sido um afastamento das colossais lutas contra chefes da série passada, ainda foi uma luta fascinante que muitas vezes é esquecida.

Com Kratos e Atreus focados na caça a um cervo, a dupla entra em ação do nada quando a mão de um troll enorme pega o cervo premiado.

A música começa a rugir e a luta começa, mostrando ainda mais o quão poderoso o Machado Leviatã se tornará.

Também traz uma sensação de pavor quando a caçada preliminar mostra o quanto Atreus está fora de seu alcance para a jornada que está por vir. É uma grande batalha contra um chefe que funciona como um forte começo para a história motivacional que está prestes a se desenrolar.

6 – Basilisco

God of War: Correntes do Olimpo

Luta do Basilisco Kratos God of War Correntes do Olimpo

God of War: Correntes do Olimpo

  • Plataforma(s) PSP, PS3
  • Lançado 4 de março de 2008
  • Desenvolvedor(es) Pronto ao amanhecer
  • Gênero(s) Hack e Slash

Se alguma vez houve um exemplo de franquia que se traduzisse perfeitamente para o PSP, foi God of War. As duas incursões do semideus no console foram alguns dos melhores esforços originais da Sony na plataforma portátil.

Embora os jogos sejam frequentemente esquecidos em comparação com a trilogia principal e os recentes lançamentos nórdicos, eles ainda conseguiram oferecer ótimas aventuras hack-and-slash.

O mais notável dos dois é a excelente batalha inicial contra o Basilisco em God of War: Correntes do Olimpo.

A luta em si deixou muitos jogadores boquiabertos com suas telas portáteis enquanto Kratos lutava contra um ciclope, apenas para o enorme Basilisco passar pelo portão e descartá-lo como lixo.

Por sua vez, ele lança os jogadores em uma luta visceral de chefe em vários estágios, onde Kratos se esquiva das chamas, enfiando lâminas em seus olhos e derrubando torres sobre a fera implacável.

O Basilisco foi uma luta de chefe divertida, difícil e divertida. Um que apenas provocou o grande jogo de ação que se seguiria.

5 – Escórpio

God of War 3

Chefe Skorpius God of War 3

God of War 3

  • Plataforma(s) PS4,PS3
  • Lançado 16 de março de 2010
  • Desenvolvedor(es) Estúdio Santa Mônica
  • Gênero(s) Ação e aventura

Na jornada de Kratos de volta ao cume do Monte Olimpo, ele encontra uma série de obstáculos em seu caminho. Um desses desafios que passa despercebido para muitos jogadores é a batalha no labirinto contra Skorpius, a rainha escorpião.

Isolado em apenas uma caixa, o jogador é atacado por um enxame de escorpiões antes que a rainha cristalizada entre na briga.

Com o espaço limitado fornecido, ele proporciona uma luta emocionante que exige atenção dos jogadores para evitar sua cauda e suas pinças prejudiciais, enquanto ataca os pontos fracos cristalizados.

Além disso, a luta apresenta mais um grande finalizador de Kratos quando ele mergulha o ferrão de Skorpius nas costas dela antes de rasgá-lo para frente.

4 – Hades

God of War 3

Luta contra o chefe de Hades Kratos God of War 3

God of War 3

  • Plataforma(s) PS4,PS3
  • Lançado 16 de março de 2010
  • Desenvolvedor(es) Estúdio Santa Mônica
  • Gênero(s) Ação e aventura

Alguns jogadores podem argumentar que Hades está incluído em uma lista subestimada de lutas contra chefes.

Mas embora a batalha seja emocionante, o problema que ele enfrenta é que God of War 3 já tem tantas lutas contra chefes notáveis, que a batalha contra Hades não se destaca tanto para os jogadores quanto a enorme briga de Cronos.

A espetacular luta de abertura contra Poseiden ou a trilogia que encerra a batalha final contra Zeus.

Hades é uma fera enorme e seus golpes são devastadores, mas o Deus do Submundo também tem contas pessoais a acertar após o massacre de sua família e esposa divina por Kratos.

A luta é uma grande dupla entre os dois e as garras de Hades, que prendem a alma, e as correntes que se espalham pelo mapa mantêm a luta variada e o jogador alerta. É uma luta estelar e que termina perfeitamente com Kratos usando as Garras de Hades para arrancar a alma do próprio Deus.

3 – Nidhogg

God of War: Ragnarok

God of War  Ragnarok Nidhogg

God of War: Ragnarok

  • Plataforma(s) PS4, PS5
  • Lançado 9 de novembro de 2022
  • Desenvolvedor(es) Estúdio Santa Mônica
  • Gênero(s) Ação e aventura

O Nidhogg é uma fera que é vítima das circunstâncias na aventura de Kratos em God of War: Ragnarok. Precisando cortar as raízes de Yggdrasil para ajudar a libertar Freya, o Nidhogg aparece através de uma lágrima de reino, tentando proteger as raízes.

É uma das lutas mais difíceis que os jogadores enfrentam God of War: Ragnarok. O Nidhogg é uma criatura rápida e cruel que exige que os jogadores utilizem esquivas e aparas com bons resultados para ter uma chance.

A criatura tem um saco cheio de truques para atacar os jogadores, incluindo bater com a cauda nas lágrimas do reino ou sugar pedras pela bolsa abdominal, apenas para atirar de volta em Kratos segundos depois.

É certamente uma fera difícil de matar, mas aqueles que o fizerem serão recompensados ​​por Freya fechando uma fenda de reino aberta enquanto tenta fugir, decapitando Nidhogg entre os reinos.

2 – Svartáljǫfurr

God of War (2018)

Svartáljǫfurr Rei Elfo Negro Kratos God of War 2018

God of War (2018)

  • Plataforma(s) PS4, PC
  • Lançado 20 de abril de 2018
  • Desenvolvedor(es) Estúdio Santa Mônica
  • Gênero(s) Ação e aventura

God of War teve muitas lutas marcantes, principalmente com o antagonista recorrente, o Estranho/Baldur subvertendo as expectativas em sua chegada.

O jogo, como God of War 3, está repleto de tantos, que outras grandes lutas podem cair no esquecimento. O mesmo se aplica à luta contra o Rei Elfo Negro Svartáljǫfurr.

Como Daudi Kaupmadr antes, Svartáljǫfurr aparentemente aparece do nada para dar aos jogadores uma surra infernal em Alfheim. O Dark Elf King tem muitos truques para combater Kratos, incluindo sua habilidade de pairar pela arena, mergulhar os jogadores na escuridão ou deixar minas explosivas pelo local.

Foi uma luta difícil para muitos jogadores, mas foi realmente gratificante derrotá-lo, mesmo que Kratos e Atreus tenham ficado sem saber se ele era o elfo certo para parar ou não.

1 – Hidra Rei

God of War 1

God Of War Kratos lutando contra Hydra preso dentro das mandíbulas

God of War

  • Plataforma(s) PS2
  • Lançado 22 de março de 2005
  • Desenvolvedor(es) Estúdio Santa Mônica
  • Gênero(s) Hack e Slash

God of War estabeleceu o padrão para o que a franquia se tornaria: ação de alta intensidade, combate fluido e lutas incríveis contra chefes.

Embora com tantas entradas, os jogadores tendem a ignorar o quão brilhante foi realmente a luta inicial de Kratos contra a Hidra no Mar Egeu.

A luta contra o chefe foi emocionante o tempo todo. Enquanto os jogadores tentam se concentrar em uma das duas cabeças menores, a outra puxa Kratos pelo navio para sua vez de lutar, mudando constantemente o foco do jogador em qual cabeça sentiria a ira das Lâminas do Caos primeiro.

Depois de fixar as duas primeiras cabeças, os jogadores sobem ao mastro do navio para a batalha final contra a cabeça principal da Hidra.

Chuva torrencial, trovões estrondosos. Foi uma batalha de proporções míticas e terminou na mesma linha, com Kratos espetando a cabeça central no mastro quebrado do navio.

Siga-nos no Google News para receber as últimas notícias!