Haikyu: 10 personagens mais identificáveis!!

Tatiana de Paula
16 Min Leitura
Time de vôlei Hinata Shoyo e Karasuno de Haikyuu!!  poster

A adaptação para anime de Haikyu!! possui um grande elenco, todos com histórias e dificuldades únicas que enfrentam à medida que a série avança. Essas lutas emocionais são o resultado de qualidades fundamentalmente humanas que possuem e muitas vezes levam a momentos poderosos de crescimento do caráter.

Destaques

  • Os personagens em Haikyu!! passam por crescimento pessoal e lutam com qualidades humanas relacionáveis, levando a momentos poderosos de desenvolvimento de caráter.
  • A jornada de Asahi destaca a importância de superar a ansiedade e a dúvida para perseguir uma paixão com os amigos.
  • A história de Kageyama enfatiza o valor do trabalho em equipe, da confiança e da comunicação, mostrando que a dedicação e o aprimoramento são essenciais para o alcance dos objetivos.

São essas qualidades empáticas que os espectadores podem reconhecer em si mesmos e nos outros que, em última análise, conferem ainda mais poder ao Haikyu!!a história.

Os personagens mais identificáveis ​​em Haikyu!! podem não parecer inicialmente pessoas com as quais o público se conectará.

No entanto, o desvendar cuidadoso das histórias distintas destes indivíduos e a compreensão de como superam os obstáculos no seu caminho significam que, mesmo nas mais pequenas formas, os fãs podem ver-se neles.

10 – Asahi Azumane fala para fãs que duvidam de si mesmos

Asahi prova que o crescimento pessoal é um processo constante

Asahi olhando tristemente para sua mão em Haikyu!!

Asahi é apresentado no início da série como o membro de Karasuno que desempenhou a posição mais cobiçada de Hinata: o ás. Já um indivíduo nervoso, a autoconfiança de Asahi despencou depois de uma partida particularmente difícil contra a defesa de seu rival Date Tech High School.

Quando sua defesa se mostrou intransponível e nenhum dos golpes de Asahi conseguiu passar, Asahi rapidamente colocou a culpa em si mesmo e, no final do jogo, não pediu mais lançamentos adicionais.

Essa decisão, tomada em nome de sua cada vez menor autoconfiança, acabou gerando uma discussão com seu companheiro de equipe, Nishinoya, que acabou fazendo com que os dois acabassem deixando o time.

Embora Asahi volte para a equipe com Nishinoya, ele ainda luta frequentemente com suas ansiedades e autoestima.

No entanto, seus amigos estão sempre presentes para lembrá-lo de que ele não está jogando sozinho e que uma derrota não é o fim do caminho. Seu crescimento pessoal ao longo da série se concentra em superar suas ansiedades e, muitas vezes, o mais importante, em seguir em frente apesar delas.

Ele aprende a não permitir que a ansiedade o impeça de fazer algo que ama com seus amigos uma lição com a qual muitos podem se identificar.

 9 – Kenma Kozume é reservado, mas analítico

O arco do personagem de Kenma é um exemplo de como nunca julgar um livro pela capa

Kenma Kozume de Haikyuu

Kenma é retratado aos telespectadores como um indivíduo muito reservado, reservado e nem sempre se sente confortável interagindo com outras pessoas. Devido à sua natureza tranquila, ele não parece ter muitos amigos.

O público descobre que seu entusiasmo vem de seus hobbies, incluindo videogames e, eventualmente, vôlei, aos quais ele foi apresentado por seu amigo Kuroo.

Apesar de parecer apático, Kenma passa a gostar de jogar e aprecia as conexões que faz com outros jogadores.

Sua abordagem ao voleibol é muito analítica, e sua natureza reservada pode dar às pessoas a impressão de que ele não se importa com os outros. No entanto, é exatamente o oposto.

Kenma tende a ser muito observador e também preocupado com a forma como as outras pessoas o veem.

8 – Shoyo Hinata

O protagonista de Haikyu demonstra ambição inabalável

Hinata-de-Haikyu!!-conversando-com-Kageyama

Uma das coisas que faz de Hinata um grande protagonista shonen é que ele não é perfeito. Ele sempre teve entusiasmo pelo vôlei, mas por morar em uma cidade pequena, só conseguiu fazer parte de um time no final do ensino médio.

Ele aprende muitas lições da maneira mais difícil, o que às vezes pode ser difícil para ele processar, mas isso nunca mata seu amor pelo esporte e seu desejo de se tornar o craque do time.

É gratificante vê-lo ter sucesso, em parte por causa do que ele passou para chegar lá e por sua paixão por alcançar seus objetivos específicos.

Às vezes, as áreas em que ele carece atrapalham sua capacidade de continuar perseguindo sua paixão, e ele tende a se concentrar nisso acima de tudo.

Sua incapacidade de permitir que seus obstáculos o detenham mostra uma dedicação admirável com a qual muitos podem se identificar ou querer se esforçar..

7 – Tobio Kageyama

Um jogador de vôlei determinado que luta para se expressar

Kageyama inicialmente parece um indivíduo arrogante e de temperamento explosivo que frequentemente traz à tona as deficiências de seus companheiros de equipe na quadra e manda neles.

No entanto, os espectadores descobrem que o levantador simplesmente fica frustrado e não sabe a melhor maneira de comunicar suas emoções, o que o leva a atacar.

No passado, isso fez com que seus companheiros o considerassem um tirano e se recusassem a trabalhar ao lado dele na quadra, algo que o público percebeu que ele lamenta profundamente.

Kageyama é muito apaixonado pelo vôlei e mostra uma dedicação incrível para melhorar, apesar desses contratempos.

Quando ele se junta a Karasuno pela primeira vez, as coisas começam difíceis devido a ele e Hinata brigando. Mas, com o tempo, ele passou a compreender melhor seus companheiros e a reconhecer a importância do trabalho em equipe e da confiança na quadra.

Ele se permite confiar no julgamento dos companheiros e, consequentemente, se tornar o tipo de jogador com quem eles também podem contar.

Ele também mostra muito progresso em sua capacidade de comunicar preocupações às pessoas ao seu redor.

6 – Kei Tsukishima

Uma força antagônica com medo da paixão

Haikyu: 10 personagens mais identificáveis!!

Desde o início, os espectadores percebem a natureza antagônica de Tsukishima, especialmente no que diz respeito a membros específicos da equipe.

Ele é muito mais composto e presunçoso em comparação com alguns de seus companheiros mais extrovertidos no Karasuno, e muitas vezes dá a impressão de que é indiferente ao vôlei.

Revela-se que essa atitude decorre em parte da baixa autoestima e de suas experiências com o voleibol no passado. Quando ele era jovem, ele admirava seu irmão mais velho, Akiteru, e sua paixão pelo vôlei.

Apesar do quanto seu irmão adorava vôlei, ele nunca acabou jogando como titular do time, o que Tsukishima acidentalmente descobre um dia.

Esta descoberta desempenha um papel importante na sua decisão de se abster de colocar muito esforço e emoção no voleibol.

Tsukishima hesita em se apaixonar por algo porque tem medo de acabar sendo destruído por isso, como seu irmão foi.

Ele reconhece essa paixão em outras pessoas e isso o frustra. Parecia muito mais fácil, para ele, não se importar em primeiro lugar.

No entanto, ele volta a se motivar pelo esporte após algumas conversas significativas com amigos e acha-o mais divertido depois de um momento explosivo na quadra contra o intimidador Shiratorizawa.

5 – Hitoka Yachi

Um arco de personagem que se concentra na descoberta de si mesmo

Hitoka Yachi da série de anime Haikyuu.

Yachi se junta a Karasuno como co-empresário sob a tutela de Kiyoko na segunda temporada de Haikyu!!. Ela aparece como uma garota nervosa, facilmente intimidada e incerta sobre o papel que desempenha dentro da equipe.

No entanto, ela gradualmente se torna mais segura de si mesma à medida que a série avança. O seu apreço pelo voleibol e a paixão que a equipa de Karasuno tem por ele aumentaram ao longo do tempo, assim como o seu conhecimento do desporto.

Ela definitivamente parece lutar com seus próprios sentimentos de autoestima, que os espectadores testemunham no início de sua participação no programa. Ela se junta a Karasuno como gerente, mas não tem certeza se tem muito a oferecer.

Depois de ouvir uma conversa sobre a necessidade da equipe ganhar dinheiro para um potencial campo de treinamento em Tóquio, ela se sente motivada a ajudar criando panfletos convidando as pessoas a doarem localmente.

Esses panfletos acabam fazendo sucesso e, depois de algumas conversas com outras pessoas e do contínuo testemunho do entusiasmo e paixão de Karasuno, ela acaba tendo mais certeza de sua decisão de fazer parte da equipe.

A sua hesitação e incerteza face ao seu novo caminho são compreensíveis e a maioria das pessoas luta com a autoestima ao longo da vida.

4 – Koshi Sugawara

Karasuno oferece um sistema de apoio constante para a equipe

Sugawara de Haikyuu sorrindo e apontando para si mesmo

Sugawara é o levantador do terceiro ano de Karasuno, uma presença gentil e consistente que atua como um jogador forte no apoio ao time. Ao longo da série, Sugawara continua mostrando sua paixão por jogar vôlei com o resto de Karasuno e sua determinação em melhorar.

Ele, no entanto, passa por momentos de dúvida. Antes do início da série, quando Karasuno perdeu para a Date Tech High School, Sugawara se culpou pela derrota.

De vez em quando, ele parece lutar para acreditar em si mesmo como levantador, especialmente diante dos talentos naturais de Kageyama.

Eventualmente, porém, ele reencontra a motivação e, apesar de não ter começado como titular regular, continua incentivando suas equipes e buscando o aprimoramento e a chance de estar em quadra sempre que pode..

3 – Yu Nishinoya

Um dos trabalhadores mais esforçados de Haikyu!!

Yuu Nishinoya na quadra de vôlei em Haikyuu!!, sorrindo para cima.

Nishinoya é o líbero enérgico e trabalhador do time Karasuno que nunca parece satisfeito em ser bom o suficiente. Apesar de seu comportamento turbulento e excitável fora da quadra, ele fica excepcionalmente concentrado e calmo quando o jogo começa.

Engrenagem fundamental da máquina que é o suporte de Karasuno, Nishinoya se esforça para ajudar sua equipe até o fim.

Não há dúvida da paixão de Nishinoya pelo esporte, que se manifesta de várias maneiras, incluindo sua eventual disposição de desenvolver suas habilidades fora da função de líbero do time.

Ele parece ter orgulho de sua habilidade, mas também mostra estar frequentemente procurando maneiras de melhorar.

Como mencionado, ele não parece satisfeito em deixar as coisas como estão e seu entusiasmo e personalidade viva fazem com que, enquanto permanecer insatisfeito, continuará avançando.

2 – Chikara Ennoshita

Um líder lutando para fazer o seu melhor

Ennoshita-de-Haikyu!!-caminhando para frente

Ennoshita está no segundo ano da equipe Karasuno e eventualmente se torna capitão em seu terceiro ano. Ele serve para equilibrar os membros mais extrovertidos e enérgicos da equipe, especialmente Tanaka e Nishinoya, atraindo-os quando necessário.

Sua maior luta interna parece ser em relação à experiência em quadra, já que não é titular com tanta frequência quanto muitos outros.

Ele luta com esse conflito, especialmente quando substitui Daichi durante a partida de Karasuno contra Wakutani Minami.

No passado, Ennoshita acabou deixando o clube de vôlei devido aos intensos treinos do ex-técnico Ukai. Porém, assim que ele e alguns de seus companheiros perceberam o quanto sentiam falta de jogar, eles voltaram e prometeram dar o melhor de si daquele ponto em diante.

Esta parece ser uma decisão que Ennoshita lamenta, evidenciada pelo fato de que ele e os outros segundanistas acabaram se autodenominando “Os Ingratos do Segundo Ano” e é provável que esse arrependimento desempenhe um papel em sua confiança.

No entanto, seu potencial como capitão fala por si e lhe valeu o papel admirável em seu terceiro ano.

1 – Keishin Ukai

Veste sua natureza apaixonada na manga, independentemente de seu passado

Treinador-Ukai-de-Haikyu!!

Ukai é o treinador de Karasuno, que inicialmente trabalhou no mercado local de Sakanoshita. Pela própria experiência jogando vôlei no ensino médio, ele parece ter muito conhecimento do esporte e apesar da relutância inicial em ser treinador, investe bastante na felicidade e no sucesso do time.

Embora afirme no início que não quer fazer isso porque não quer acabar cuidando de um monte de crianças, ele acaba desempenhando um papel fundamental ao orientá-los e ajudá-los em seus problemas.

Quando jogava no ensino médio, Ukai nunca jogou como levantador oficial do time, exceto uma vez em seu terceiro ano. Ele ficou frustrado porque, como levantador, foi ignorado por alguém mais jovem que ele.

Como tal, ele luta em certos pontos da história popular Shonen Jump manga para tomar decisões sobre a escalação do time porque conhece as dificuldades emocionais que os jogadores não escolhidos enfrentam.

Também é importante notar que Ukai continua a manter vivo seu amor pelo vôlei em sua vida de outras maneiras além de jogar profissionalmente, como jogar com um time local, então essa paixão, compreensivelmente, nunca o deixou..

Assista agora Crunchyroll

Siga-nos no Google News para receber as últimas notícias!

Compartilhe este artigo