Jogos de mundo aberto com manutenção realista de armas

Tatiana de Paula
7 Min Leitura
Jogos de mundo aberto com manutenção realista de armas

Muitos jogadores reclamam ao descobrirem sobre a mecânica de manutenção das armas nos jogos que estão jogando. Essa irritação é compreensível, especialmente porque a maioria dos títulos não faz um bom trabalho em justificar essa mecânica.

Destaques

  • Nem todos os jogos usam mecânicas típicas de manutenção de armas; alguns adotam uma abordagem única e sensata em relação à durabilidade das armas.
  • Jogos realistas como Venha o Reino: Libertação e Red Dead Redemption 2 exigem que os jogadores mantenham suas armas para garantir que não fiquem cegas ou emperradas no combate.
  • Jogos como STALKER: Chamado de Pripyat e Caminho do Samurai 4 enfatize a importância da manutenção de armas em ambientes de alto risco para evitar a morte de um jogador.

Na maioria das vezes, uma arma em estado degradado nada mais é do que uma irritante jornada de volta para o jogador até um ferreiro que irá consertar a referida arma, tornando-a funcional novamente.

Felizmente, nem todos os jogos usam a mesma mecânica pouco inspirada quando se trata de durabilidade das armas. Existem muitos casos de jogos que permitem aos jogadores se envolverem com o conceito de durabilidade das armas de uma maneira única e sensata.

Esses casos são poucos e raros, por isso os que se destacam acabam sendo bastante memoráveis, principalmente no gênero de mundo aberto.

5 – Reino Venha: Libertação

Os jogadores precisam inclinar a lâmina corretamente na pedra de amolar para afiá-la e mantê-la

Um jogador enfrentando um inimigo em um duelo

Venha o Reino: Libertação

  • Plataforma(s) PS4, Xbox One computador
  • Lançado 13 de fevereiro de 2018
  • Desenvolvedor(es) Estúdios de Cavalo de Guerra
  • Gênero(s) RPG

O realismo era uma grande prioridade na Venha o Reino: Libertação, e isso ficou evidente na maioria dos aspectos do jogo.

Henry certamente é filho de um ferreiro sem nenhuma habilidade em combate, e os jogadores precisam investir algumas horas no jogo antes que esse personagem seja competente o suficiente para lidar com um bando de bandidos humildes, muito menos com soldados bem blindados.

Se a arma de Henry perdesse o fio, os jogadores teriam que sentar-se em uma pedra de amolar e mover fisicamente a lâmina para que ficasse no ângulo certo para ser afiada pela pedra de amolar.

Se os jogadores fossem incompetentes aqui, a lâmina poderia ficar ainda mais cega.

4 – Red Dead Redemption 2

Vontade de armas Rust Com uso excessivo e falta de cuidado

Mod de cenários imersivos para Red Dead Redemption 2

Red Dead Redemption 2

  • Plataforma(s) PS4, Xbox One PC , Stadia
  • Lançado 26 de outubro de 2018
  • Desenvolvedor(es) jogos Rockstar
  • Gênero(s) Ação e aventura

Red Dead Redemption 2 é um jogo envolvente que se concentra em tornar a experiência o mais realista possível, o que algumas pessoas consideram prejudicial para a experiência geral.

Ainda assim, o trabalho realizado para dar corpo às animações do jogo e enchê-lo de detalhes deve ser elogiado.

O tiroteio neste jogo parece responsivo, e Arthur é incentivado a cuidar de suas armas tanto quanto possível, usando óleo para armas ou levando a arma a um especialista.

Negligenciar uma arma de fogo pode fazer com que ela fique presa no meio do combate, o que é um resultado indesejado por razões óbvias.

3 – STALKER: Chamado de Pripyat

Se as armas não forem reparadas por um técnico, elas podem emperrar e falhar

Chamada Perseguidora de Pripyat

STALKER Chamado de Pripyat

  • Plataforma(s) PC
  • Lançado 2 de fevereiro de 2010
  • Desenvolvedor(es) Mundo de jogo GSC
  • Gênero(s) Horror de Sobrevivência

O PERSEGUIDOR A série é um dos jogos FPS de mundo aberto mais subestimados que os fãs deveriam conferir se quiserem desfrutar de experiências mais hardcore.

Os jogos certamente não são para os fracos de coração, sendo a jogabilidade bastante desafiadora e forçando os jogadores a aprender a cada morte.

Cuidar da diversão em um ambiente tão hostil é uma obrigação, especialmente porque uma arma mal conservada pode significar a ruína de uma pessoa em um tiroteio de alta octanagem.

Se os jogadores não usarem sua arma para acertar com menos dano e travar em momentos inoportunos, é importante levá-la a um especialista.

2 – Caminho do Samurai 4

Os jogadores podem investir em suas armas, mas precisam de um ferreiro regularmente para mantê-las em ótima forma

Samurais vs Samurais

Caminho do Samurai 4

  • Plataforma(s) PC, PS3
  • Lançado 21 de março de 2012
  • Desenvolvedor(es) Adquirir
  • Gênero(s) Ação e aventura

Uma série altamente subestimada que mais fãs deveriam conferir se gostam de jogos sandbox exclusivos com narrativas ramificadas, é uma pena que Caminho do Samurai nunca atraiu nada além de um público de nicho.

Os jogadores adorariam a natureza reativa do sandbox e como os múltiplos finais incentivam a rejogabilidade.

Em cada Caminho do Samurai jogo, os jogadores devem atualizar e manter suas armas o tempo todo.

Este último é especialmente importante se os jogadores não querem que sua lâmina poderosa e atualizada quebre em combate, o que é nada menos que uma sentença de morte para os jogadores.

1 – Dying Light

As armas só podem ser reparadas algumas vezes antes de se tornarem completamente inúteis

Jogador chutando zumbi contra uma estaca

Dying Light

  • Plataforma(s) Computador, PS5, PS4, Switch , Xbox Series X, Xbox Series S, Xbox One
  • Lançado 27 de janeiro de 2015
  • Desenvolvedor(es) Techland
  • Gênero(s) Mundo Aberto, Terror de Sobrevivência

Dying Light combinou parkour e jogabilidade de ação para se divertir enquanto os jogadores tentam sobreviver em um cenário pós-apocalíptico onde um único passo em falso pode levar à sua destruição.

Embora haja momentos em que este jogo pode parecer obsoleto, a combinação única de elementos de jogo ajuda Dying Light destaca-se como um título bastante envolvente.

As armas são manuseadas de forma única no jogo, com armas quebrando com bastante frequência.

No entanto, há apenas um determinado número de vezes que uma arma pode ser reparada antes de ser perdida para sempre, o que é bastante realista.

Embora o aumento do saque signifique que os jogadores encontrarão armas maiores e melhores em um piscar de olhos, a adição desta mecânica ainda é apreciada.

Siga-nos no Google News para receber as últimas notícias!

Compartilhe este artigo