Red Dead Redemption 2: Vezes em que Arthur Morgan fez a coisa errada

Arthur Morgan é o principal protagonista de Red Dead Redemption 2 e é reverenciado entre os fãs.

Porém, como acontece com a maioria dos bandidos, ele toma muitas decisões questionáveis.

É verdade que algumas delas são ditadas pelos jogadores, mas outras são escolhas que a narrativa lhes impõe. No final, os jogadores gostariam que não tivesse acontecido.

RDR2 tem vários casos em que Arthur faz escolhas erradas. Essas decisões não apenas parecem erradas no momento, mas muitas vezes deixam impactos duradouros e prejudicam-no mais tarde.

Dada a cascata aparentemente interminável de miséria que Morgan enfrenta, os jogadores naturalmente querem voltar atrás e alertá-lo contra essas escolhas. Infelizmente, isso não é uma opção.

5 – Cobrança de dívidas

Negócios sujos geram resultados sujos

Arthur Morgan e a cobrança de dívidas em Red Dead Redemption 2

De vez em quando, Leopold Strauss convoca Arthur para ser cobrador de dívidas. Isso não é algo que o protagonista tenha prazer.

Strauss empresta dinheiro deliberadamente a pessoas desesperadas, essencialmente explorando seu infortúnio e ingenuidade.

Ele então envia seu músculo para sacudi-los. Arthur não acredita em tirar de quem mal consegue se sustentar, mas ainda cumpre suas funções para o bem da turma. Ele logo se arrepende de ter feito esse acordo.

O negócio do agiota só lhe traz problemas. Ele não se depara com falta de almas desamparadas e se sente desprezível por abalá-las. Porém, não é apenas a depravação moral que cobra seu preço.

Essas tarefas também afetam sua saúde. Um dos alvos é um pai doente demais para trabalhar.

Na verdade, ele está com tuberculose e infecta Arthur durante a coleta. Esta doença acaba por derrubar o bandido. O que o mata por dentro é que nem é por uma causa nobre.

4 – Libertando Micah

Resgatar um traidor óbvio não termina bem

Arthur Morgan e Micah Bell em Red Dead Redemption 2

Qualquer um poderia ver isso chegando. Micah Bell é uma cisto cancerígena no rosto da gangue.

Ele contribui com pouco valor, mas adora causar problemas. Como tal, ele é responsável por vários desentendimentos com a lei e brigas entre aliados.

Não é nenhuma surpresa que ele seja preso em Strawberry. Dutch incumbe Arthur de tirá-lo de lá. Contra seu melhor julgamento, ele faz exatamente isso.

Este ato tem ramificações infelizes, tanto imediatas quanto de longo prazo. Micah inicia um tiroteio logo após se libertar.

A batalha que se segue mata um grupo de homens da lei e fere vários habitantes da cidade.

Depois disso, ele continua sussurrando no ouvido de Dutch, semeando a discórdia entre a gangue e envolvendo-os em esquemas equivocados. Pior de tudo, ele se transforma em informante dos Pinkerton.

Esses pecados plantam as sementes que destroem todo o grupo. Tudo poderia ter sido evitado se Arthur simplesmente o tivesse deixado na prisão.

É verdade que isso significaria desafiar os holandeses, o que levanta outra questão.

3 – Acompanhando o holandês

Ser o sim-homem do chefe apenas acelerou a queda de Dutch

Holandês e Arthur em Red Dead Redemption 2

Arthur tem imensa fé em Dutch, tanto como líder quanto como figura paterna. Como tal, ele fica preocupado em vários níveis quando o chefe toma medidas drásticas.

Enquanto o RDR2 avança, Van der Linde fica mais impiedoso: matando aqueles que o contrariam, priorizando as vinganças sobre o bem maior e até mesmo sacrificando aqueles mais próximos a ele.

Arthur concorda por lealdade, mas poderia afastar Dutch de tais ações.

Ele está na melhor posição para fazer isso se mostrar um pouco de coragem.

Ele eventualmente assume uma posição mais firme, mas é tarde demais. A essa altura, Dutch deixou de amar seu filho substituto e não tem certeza em quem confiar.

Em vez de respeitar a posição de Arthur, o chefe o abandona junto com qualquer outro que fique para trás. Assim, a família de Morgan desmorona diante de seus olhos.

2 – Recusando um romance

Arthur deveria dar mais uma chance ao amor, literalmente

Artur e Maria em Red Dead Redemption 2

Uma história paralela particularmente pessoal envolve Mary Linton, a antiga paixão de Arthur que agora precisa de sua ajuda.

Ajudá-la revela que eles ainda se amam. Ela até se oferece para continuar de onde pararam, mas Arthur recusa.

Ele não acredita que seja adequado para uma vida tranquila e pacífica. Além disso, ele é leal à gangue e quer protegê-la. Infelizmente, isso custa à sua própria preservação.

A questão fundamental é que Arthur não se dá crédito suficiente. Ele se acha indigno de elogios ou felicidade por causa da vida que viveu.

No entanto, ele geralmente tem as melhores intenções e se esforça constantemente para ajudar seus amigos.

Essa perspectiva o torna mais merecedor de um final feliz do que a maioria Red Dead personagens.

Além disso, quem pode dizer que ele não poderia viver essa vida? Mesmo que seu romance não dê certo, isso ainda o tira do mundo do crime e lhe dá uma chance de lutar. Permanecer no caminho fora da lei é uma sentença de morte.

1 – Moscas de águia indulgentes

A escalada de uma guerra resulta em mortes por toda parte

Arthur e Águia voam Red Dead Redemption 2

Morgan relutantemente ajuda vários personagens pitorescos, mas as consequências mais desastrosas decorrem de suas façanhas com Eagle Flies.

Filho de Rains Fall, o chefe Wapiti, este jovem fanfarrão está farto das promessas quebradas do governo e das violações dos tratados. Como resultado, ele resolve o problema com as próprias mãos.

Ele invade várias instalações e rouba documentos importantes. Arthur o acompanha nessas expedições, seja ignorante ou despreocupado com a resistência.

Só depois de fazer amizade com Rains Fall é que ele considera o impacto dessas ofensivas.

Eles recebem retaliação feroz do Exército dos EUA. Isso não apenas leva à morte de Eagle Flies, mas a tribo deve eventualmente se mudar para o Canadá.

A abordagem pacifista de Rains Fall poderia ter sido mais construtiva. A história mostra que os protestos não violentos são os melhores para mudar mentes. No mínimo, os nativos não teriam dado ao Exército uma desculpa para matá-los.

Pôster de Red Dead Redemption 2 Red Dead Redemption 2

  • Plataforma(s) PS4, Xbox One, PC, Stadia
  • Lançado 26 de outubro de 2018
  • Desenvolvedor(es) Rockstar
  • Gênero(s) Ação e aventura

Siga-nos no Google News para receber as últimas notícias!