Claire Redfield

Apesar de não aparecer em um jogo principal por um bom tempo fora dos remakes, Claire Redfield ainda é considerada uma das protagonistas principais e um personagem muito importante para a tradição e narrativa geral.

Aparecendo pela primeira vez ao lado do policial novato Leon Kennedy em Resident Evil 2 Claire teria algumas de suas próprias aventuras, onde eventualmente encontraria alguns amigos, aliados e, claro, BOWs horríveis ao longo do caminho.

Assim como acontece com o resto dos protagonistas, não há exatamente uma representação sólida de Claire ao longo dos jogos.

Embora ela sempre mantenha algumas características principais e uma aparência bastante semelhante, a Capcom ainda experimentou diferentes versões da personagem ao longo dos anos para ver o que os fãs mais gostam.

Embora ela não tenha mudado tanto quanto Leon ou Chris, há definitivamente uma diferença notável entre como Claire é apresentada nos jogos, mas qual iteração realmente está entre as melhores de todas?

6 – Resident Evil: Operação Raccoon City

Fora algumas cenas fodas, Claire não tem muito o que fazer na Operação Raccoon City

Claire mirando um lançador de granadas

Resident Evil: Operação Raccoon City

  • Plataforma(s) computador
  • Lançado 20 de março de 2012
  • Desenvolvedor(es) Capcom
  • Gênero(s) Atirador em terceira pessoa

Operação Raccoon City é um jogo spin-off que se concentra em um grupo de soldados da Umbrella encarregados de varrer as ruas de Raccoon City, eliminando todos os sobreviventes.

Como se passa durante os eventos do segundo e terceiro jogos, isso significa que Claire aparece em algumas cenas aqui e ali, e embora seus designs pareçam ótimos, ela infelizmente não tem tempo de exibição suficiente para realmente deixar sua personalidade carismática brilhar.

Ainda assim, ela tem uma cena muito foda, onde ela começa a disparar um lançador de granadas contra as tropas da Umbrella para tentar mantê-las afastadas, e seu cuidado eterno por Sherry é demonstrado pela maneira como ela tenta protegê-la perto do fim.

Enquanto Operação Raccoon City permanece um tanto fiel à sua representação original, Claire infelizmente não tem tempo de exibição suficiente para torná-la muito interessante ou atraente como personagem.

5 – Resident Evil: Apocalipse 2

Claire de Revelations 2 é uma versão um pouco mais estóica e endurecida de seu antigo eu

Clara e Moira

Resident Evil: Apocalipse 2

  • Plataforma(s) PC, PS3, PS4, PSVita, Switch , Xbox 360, Xbox One
  • Lançado 24 de fevereiro de 2015
  • Desenvolvedor(es) Capcom
  • Gênero(s) Horror de Sobrevivência

Quando chegar a hora Apocalipse 2 acontece no enredo, Claire é uma versão muito mais endurecida e experiente de seu passado, sendo um pouco mais séria e estóica desta vez.

Embora Claire ainda adore lançar uma ou duas frases, chegando ao ponto de se chamar de “sanduíche de Claire” em determinado momento, ela perde muito de seu charme e personalidade na metade do jogo, quando as apostas chegam.

Seu carinho por Moira e seu chefe Neil ainda mostra o quanto Claire se preocupa em ajudar as pessoas ao seu redor, o que é um bom desenvolvimento dela.

Resident Evil 2 iteração, mas às vezes também pode parecer que ela é um estranho na história, especialmente em comparação com personagens como Barry e Alex Wesker sendo de alta prioridade.

Com isso dito, esta versão de Claire ainda tem muitas nuances de seu antigo eu, junto com alguns segmentos de combate que provam que sua experiência em derrubar BOWs e cientistas maníacos fez dela uma verdadeira força a ser reconhecida.

4 – Resident Evil 2 Remake

Claire é mais crível e realista no Remakemas sacrifica parte de seu charme

Claire em uma moto

Resident Evil 2 (2019)

  • Plataforma(s) PS4, PS5, Xbox One , Xbox Series X, Xbox Series S, PC
  • Lançado 25 de janeiro de 2019
  • Desenvolvedor(es) Capcom
  • Gênero(s) Horror

A Capcom decidiu adotar um ângulo mais realista e corajoso para a personagem de Claire no remake de Resident Evil 2, e embora definitivamente a torne muito mais verossímil e fundamentada, também sacrifica um pouco do carisma que muitos fãs adoravam em suas representações anteriores.

Claire mostra que ela é mais do que capaz de se defender no remakeeliminando incontáveis ​​​​zumbis e até conseguindo escapar do gigante conhecido como Mr. X, ao mesmo tempo em que protegia Sherry no processo.

A proteção de Claire sobre Sherry é fortemente enfatizada nesta representação, o que faz sua história parecer um pouco mais pessoal, mas as cenas faltantes entre ela e Leon no original significam que suas interações com ele parecem um pouco chocantes e forçadas às vezes.

Embora Claire seja geralmente conhecida por ser bastante sarcástica e espirituosa como personagem, isso também foi eliminado no remakee embora ainda seja uma representação única do personagem, não é tão memorável quanto algumas das outras.

3 – Resident Evil 2

Claire imediatamente se destacou em sua primeira aparição por ser atenciosa e carismática

Claire Redfield

Resident Evil 2

  • Plataforma(s) Dreamcast, Nintendo 64, Nintendo GameCube, PC, PS1
  • Lançado 21 de janeiro de 1998
  • Desenvolvedor(es) Capcom
  • Gênero(s) Horror de Sobrevivência

Apesar de lançar algumas piadas inteligentes de vez em quando para quebrar a tensão da situação, a Claire vista no original Resident Evil 2 é constantemente demonstrada como uma pessoa muito atenciosa e preocupada, que está sempre colocando sua própria vida em risco para salvar outras pessoas ao seu redor.

Embora ela inicialmente mostre que se preocupa com Sherry e não quer vê-la colocada em perigo, Claire eventualmente se dedica a ajudar a menina depois de aprender mais sobre seus pais e o que eles fizeram com ela.

Sua paixão subjacente por resgatar seus amigos e escapar da cidade infestada de zumbis também aparece em sua atitude em relação aos vilões, como quando ela parece perplexa e irritada por Annette não saber que sua própria filha está desaparecida nos esgotos.

Sua determinação em continuar encontrando Chris depois que ela escapa também provou aos fãs o quão dedicada e inovadora Claire é como indivíduo, e foi essa representação que a tornou a favorita dos fãs.

2 – Resident Evil: Crônicas do Lado Negro

Darkside Chronicles tornou Claire legal sem esforço, mantendo suas características

Claire apontando uma arma para Steve

Resident Evil: As Crônicas do Lado Negro

  • Plataforma(s) PS3,Wii
  • Lançado 17 de novembro de 2009
  • Desenvolvedor(es) Capcom, Cávia
  • Gênero(s) Atirador

Crônicas do Lado Negro fornece uma recontagem de Resident Evil 2 e Código Verônica e embora as cenas sejam mais ou menos idênticas, há algumas mudanças feitas em Claire que modernizaram sua personagem e a tornaram um pouco mais envolvente, especialmente no Resident Evil 2.

No momento em que Claire aparece na tela, ela atira uma faca direto em um zumbi que salva Leon de ser atacado, mostrando que não se deve mexer com ela, ao mesmo tempo que demonstra o extenso treinamento que recebeu de seu irmão.

Embora ela mantenha essa personalidade durona e séria durante todo o cenário, ainda há várias cenas em que o lado mais atencioso de Claire brilha, como quando ela conhece Leon nos esgotos depois que ele leva um tiro, ou quando se reencontra com Sherry.

Considerando que este jogo era um título derivado de nicho, a Capcom dedicou uma quantidade surpreendente de esforço e tempo para atualizar Claire, e embora ela não seja muito diferente no Código Verônica cenário, ela Resident Evil 2 a reiteração é muito divertida de assistir.

1 – Resident Evil: Código Verônica

Claire é uma protagonista divertida, espirituosa e cativante em Code Veronica

Steve, Claire e Chris

Resident Evil CÓDIGO:Verônica

  • Plataforma(s) Dreamcast, GameCube, PS2, PS3, Xbox 360
  • Lançado 29 de fevereiro de 2000
  • Desenvolvedor(es) Capcom
  • Gênero(s) Horror de Sobrevivência

Após a destruição de Raccoon City, Claire foi até uma instalação secreta da Umbrella na França, onde ela acreditava que Chris estava detido.

Depois de ser pega em flagrante e jogada na Ilha Rockfort, Claire se vê lutando para sobreviver contra as hordas de zumbis, os Gêmeos Ashford e até mesmo Wesker, que ocasionalmente aparece do nada para atacá-la.

Apesar de ficar na defensiva durante todo o jogo, Claire tem uma quantidade infinita de carisma neste jogo, muitas vezes falando de maneira muito sarcástica para irritar outras pessoas.

Em nenhum lugar isso fica mais claro do que quando ela conhece Alfred Ashford, o principal antagonista do jogo, que ela rotula como “Um dos oficiais de nível inferior da Umbrella” e chama seu palácio particular de “Base de águas remotas”.

Isso é demonstrado de forma semelhante quando ela interage com o sempre irritante Steve, a quem ela não tem medo de tratar com condescendência, mas também mostra que se preocupa muito com ele, fazendo de tudo para salvá-lo em diversas ocasiões.

Claire é muito divertida de se estar por perto Código Verônica e parece que a Capcom pegou todos os aspectos bons de sua personagem Resident Evil 2 e simplesmente aprimorado em todos eles para torná-la um pouco mais envolvente e em camadas como protagonista.

Siga-nos no Google News para receber as últimas notícias!