World of Warcraft  mistura de obras de arte com Wrath of the Lich King, The Burning Crusade e obras de arte dos senhores da guerra de Draenor

World of Warcraft é sem dúvida o maior e mais influente MMORPG de todos os tempos. Lançado em 2004, World of Warcraft revolucionou o gênero RPG através do vasto mundo de Azeroth um mundo vasto, traiçoeiro e aberto, cheio de aventuras para viver com seu personagem personalizado.

Com conhecimento profundo, mecânica de jogo complexa e um sistema de progressão lento, World of Warcraft é mais do que um jogo é um estilo de vida.

Houve inúmeras expansões para o original World of Warcraft lançamento, com cada um adicionando conteúdo exclusivo e atualizações ao já enorme jogo base.

Nesta lista, estamos analisando cada World of Warcraft expansão em ordem cronológica, cobrindo o que trouxeram para o jogo e quando.

9 – A Cruzada Ardente – 2007

Haverá sangue

Illidan Stormrage empunhando The Twin Blades of Azzinoth na arte promocional de World of Warcraft: A Cruzada Ardente

A Cruzada Ardente
Lançado 2007
Nível máximo 70
Adições notáveis Novas raças jogáveis: conteúdo PvP Blood Elf (Horde) e Drainei (Alliance), o mundo de Outland, montarias voadoras, novas áreas de observação, mudanças de profissão, novas masmorras e ataques.

The Burning Crusade foi a primeira expansão a World of Warcraft. O título da expansão refere-se à ‘Legião Ardente’ um exército de demônios libertado em Azeroth pelo Doom Lord Kazzak.

Para defender suas terras, tanto a Aliança quanto a Horda devem viajar para o mundo devastado de Outland para lutar contra a Legião Ardente.

Além do novo mundo de Outland, The Burning Crusade introduziu duas novas raças ao jogo os Drainei (Aliança) e os Elfos Sangrentos (Horda).

Essas novas raças adicionaram novas tradições e sabores a Azeroth, ao mesmo tempo que abriram classes anteriormente indisponíveis para a Horda e a Aliança.

Os jogadores da Aliança agora podiam jogar a classe Xamã anteriormente exclusiva da Horda criando um Xamã Drainei, e os jogadores da Horda agora podiam usar a classe Paladino com a recém-adicionada raça Elfo Sangrento.

8 – Ira do Lich King – 2008

O Lich está de volta

O Lich King fica do lado de fora da Cidadela da Coroa de Gelo em arte promocional de World of Warcraft: Ira do rei Lich

Ira do rei Lich
Lançado 2008
Nível máximo 80
Adições notáveis Classe de herói introduzida: Cavaleiro da Morte, novas montarias, profissão de inscrição, conteúdo PvP, novas masmorras e ataques.

A Blizzard continuou a se expandir World of Warcraft ao lançar Wrath of the Lich King em 2008. Após um período de paz após os eventos de The Burning Crusade, um Flagelo morto-vivo liderado pelo Lich King lançou um ataque feroz a Azeroth.

Com o destino de Azeroth em jogo, a rival Aliança e a Horda devem unir forças para se infiltrar na terra de Northrend e enfrentar o Lich King e seu exército de servos mortos-vivos.

Wrath of the Lich King introduziu novos mundos e antagonistas, mas sua adição mais notável foi World of Warcraftprimeira classe de ‘herói’ de  o Cavaleiro da Morte.

As classes de heróis são aquelas que começam em um nível superior ao nível 1, com os Cavaleiros da Morte começando no nível 55 (a criação depende do jogador já ter nivelado outro personagem até o nível 55).

Os Death Knights podem jogar como tank ou DPS (dano dealer) e estavam disponíveis para todas as raças do jogo na época. Além desta nova classe, Wrath of the Lich King aumentou o limite de nível de 70 para 80 e estabeleceu a nova profissão, Inscrição.

7 – Cataclismo – 2010

Curando uma Azeroth fraturada e inundada

Asa da Morte de World of Warcraft: Cataclismo

Cataclismo
Lançado 2010
Nível máximo 85
Adições notáveis Novas raças jogáveis: Worgen e Goblin, alterações de paisagem para Kalimdor e os Reinos Orientais, novos combos de classes e raças, masmorra PvP Baradin Hold, profissão de Arqueologia, novas zonas de nivelamento, novas masmorras e ataques.

Depois de mais de duas décadas nas cinzas, o perverso dragão Asa da Morte, o Destruidor (originalmente Neltharion, o Guardião da Terra) retorna para causar estragos em Azeroth.

Além de remodelar a paisagem de Azeroth, o retorno de Asa da Morte causa ainda mais tensão política entre a Aliança e a Horda, que estão ambas sob séria ameaça devido ao seu cataclismo.

Cataclysm viu os jogadores levarem seus personagens através de um novo visual de Azeroth, cheio de locais inundados e paisagens devastadas pela lava, com a capacidade de atingir o nível 85 em suas aventuras.

Em termos de criação de personagens, duas novas raças foram adicionadas em Worgen (Aliança) e Goblin (Horda), e certas classes foram abertas para raças anteriormente incompatíveis.

Por exemplo, os jogadores agora podem criar um Caçador Humano ou um Xamã Anão.

6 – Mists Of Pandaria – 2012

Hora do Panda

Logotipo de Mists of Pandaria (à esquerda) e o Carrinho de Macarrão do Tesouro Pandaren (à direita)

Brumas de Pandária
Lançado 2012
Nível máximo 90
Adições notáveis Nova raça jogável: Pandaren, conteúdo PvP adicional, novas masmorras e ataques, sistema de batalha de animais de estimação, nova classe jogável: Monge, novas montarias, revisão do sistema de talentos.

As forças da Horda atacaram duramente o território da Aliança após a morte de Asa da Morte, alimentando ainda mais o conflito já acirrado.

As batalhas marítimas travadas no Grande Mar viram as forças da Aliança e da Horda chegarem à terra recém-emergente de Pandária, um continente misterioso habitado por uma raça antiga conhecida como Pandaren.

Pandaren foi a primeira raça neutra a ser introduzida em World of Warcraft, estando disponível tanto para as facções da Aliança quanto da Horda uma mecânica que se entrelaça com a trama desta expansão.

Mists of Pandaria também introduziu uma nova classe jogável, Monk, que poderia ser usada para curar, tankar ou DPS.

O limite de nível também foi aumentado para o nível 90, com muitas novas masmorras e ataques adicionados para ajudar os jogadores a alcançar esse cume.

5 – Senhores da Guerra de Draenor – 2014

Dungeon em Draenor

Arte promocional para World of Warcraft: Warlords of Draenor, apresentando vários personagens Orcs do jogo

Senhores da Guerra de Draenor
Lançado 2014
Nível máximo 100
Adições notáveis Novas zonas, modelos de personagens atualizados, sistema de localização de grupos, novo mundo: Draenor, novas masmorras e ataques, zona sandbox PvP: Ashran.

Depois que o chefe de guerra da Horda, Garrosh Grito Infernal, é frustrado em um golpe da Aliança-Horda, ele escapa de sua prisão e viaja no tempo 35 anos para Draenor, o lar natal dos Orcs.

Suas ações subsequentes criam uma linha do tempo alternativa que ameaça a existência da Aliança e da Horda, que devem unir forças para enfrentar a recém-formada “Horda de Ferro” de Grito Infernal.

Para apoiar uma história épica, Warlords of Draenor aumentou o limite de nível do personagem para 100, estabeleceu um novo sistema de localização de grupos para atividades multijogador e introduziu a terra de Draenor, incluindo oito novas masmorras e três novos ataques.

Uma nova área PvP estilo sandbox chamada Ashran também foi adicionada.

4 – Legião – 2016

Lute contra seus demônios

World of Warcraft  Arte da Legião apresentando Illidan Stormrage em um mundo de fogo verde, relâmpagos e demônios

Legião
Lançado 2016
Nível máximo 110
Adições notáveis Nova classe de herói: Demon Hunter, slot de personagem adicional, sistema de honra PvP, ordens de classe que permitem alistar NPCs, novo continente: Broken Isles, novos chefes mundiais, masmorras e ataques adicionais.

A história de Legion é sustentada por uma invasão demoníaca de Azeroth causada pelo Orc Warlock, Gul’dan e The Burning Legion.

Para combater a invasão, a Aliança e a Horda devem unir forças mais uma vez, contando com a ajuda da Cruzada Argêntea e dos recém-introduzidos Caçadores de Demônios para impedir os ataques demoníacos que causam o caos em Azeroth.

A trama de Legion dá origem à adição da nova classe Demon Hunter. Como World of WarcraftNa ‘classe de herói’ do segundo ano, os Caçadores de Demônios começaram inicialmente no nível oito em uma mecânica de progressão semelhante à primeira classe de herói, Cavaleiro da Morte.

Os Caçadores de Demônios estão disponíveis apenas para as raças Night Elf e Blood Elf. Legion também adicionou uma nova área jogável em The Broken Isles, bem como cinco novas masmorras, dois novos ataques e poderosas ‘armas artefato’ que crescem em poder à medida que o jogo avança na história da expansão.

3 – Batalha por Azeroth – 2018

Domine o Coração de Azeroth

Arte promocional para World of Warcraft: Batalha por Azeroth, retratando Sylvanus Windrunner lutando contra Anduin

Batalha por Azeroth
Lançado 2018
Nível máximo 120
Adições notáveis Novas raças: Highmountain Tauren, Nightborne, Zandalari Troll para a Horda, Void Elf, Lightforged Draenei, Dark Iron Dwarf para a Aliança, sistema PvP revisado, novas zonas de nivelamento, expedições em ilhas, mecânica Heart of Azeroth.

O fim da Legião vê o Titã, Sargeras, esfaquear Azeroth com uma espada gigante antes de sua prisão, fazendo com que o mundo sangre uma substância mágica conhecida como ‘Azerita’ de suas feridas.

Com a Azerita oferecendo imenso poder, tanto a Aliança quanto a Horda querem aproveitá-lo para si mesmas, causando uma cadeia de eventos que leva à Quarta Guerra.

Battle for Azeroth introduziu seis corridas impressionantes e fez mudanças drásticas no jogo PvP. Em vez de optar por servidores PvP (que foram removidos), os jogadores são obrigados a ativar o ‘Modo de Guerra’ se desejarem participar de PvP de mundo aberto.

Essa mudança veio com novas mecânicas de escalonamento e balanceamento de PvP. Esta expansão também introduziu o Coração de Azeroth, um amuleto que preenche o pescoço do personagem e cresce em poder à medida que o jogador coleta Azerita.

2 – Terras Sombrias – 2020

Nas sombras

World Of Warcraft Shadowlands: festa completa explorando a natureza

Terras Sombrias
Lançado 2020
Nível máximo 60 (caracteres existentes reduzidos para 50 na instalação)
Adições notáveis Sistema de nivelamento revisado, personalização de personagens, sistema Covenant, novo mundo: Shadowlands, novas masmorras e ataques, sistema de pin de mapa,

Depois que Sylvanus Windrunner derrotou o Lich King em Battle for Azeroth, ela rasgou sua coroa em duas, fazendo com que o céu acima da Cidadela da Coroa de Gelo se quebrasse e expusesse um portal para Shadowlands.

Sylvanus se torna um servo do Carcereiro, um Árbitro das Terras Sombrias, e envia seres das trevas para sequestrar figuras políticas importantes em ambos os lados de Azeroth.

Antes que a ordem seja perdida, os Heróis de Azeroth (estabelecidos em Battle for Azeroth) devem unir forças com um grupo de Cavaleiros da Morte para se infiltrar nas Terras Sombrias e frustrar os planos perversos do Carcereiro.

Shadowlands foi o primeiro World of Warcraft expansão para ‘esmagar’ o limite de nível de 120 para 60, com os personagens existentes ‘esmagados’ de volta ao nível 50 para uma experiência de nivelamento revisada.

Esta nova experiência acontece em Shadowlands (The Realm of the Dead), um vasto mundo novo composto por cinco zonas.

Os jogadores também são obrigados a se alinhar com um dos quatro antigos Covenants, cada um ostentando sua própria história e missão.

1 – Dragonflight – 2022

Como Treinar seu dragão

WoW  Imagem promocional do Dragonflight com o dragão Alexstraza

Libélula
Lançado 2022
Nível máximo 70
Adições notáveis Nova raça jogável: Dracthyr, nova classe: Evoker (exclusiva para Dracthyr), montarias de dragão personalizáveis ​​através do recurso Dragonriding, novas zonas, novas masmorras e ataques, novo continente: The Dragon Isles.

Dragonflight expande o enredo de Deathwing dentro World of Warcraft. Após 20.000 anos, membros de uma raça antropomórfica de dragonkin, conhecida como Dracthyr, despertam de um estado de estase colocado sobre eles por Deathwing.

Sua casa, as Ilhas dos Dragões, é revelada em Azeroth, levando a Horda e a Aliança a conduzir uma investigação conjunta, que os envolve em uma série de eventos que ameaçam a própria existência dos Dragões.

Além de aumentar novamente o limite de nível para 70, Dragonflight introduz um novo combo de classe de corrida jogável no Dracthyr e sua classe de elenco exclusiva, Evoker.

Talvez a adição mais interessante tenha sido o recurso Dragonriding, que permite aos jogadores personalizar e atualizar uma montaria Dragon exclusiva com mais de 50 opções de personalização.

Embora Dragonriding só possa ser realizado nas Ilhas do Dragão, há muito para fazer e explorar neste novo continente, incluindo três novos ataques e oito novas masmorras.

Siga-nos no Google News para receber as últimas notícias!